Últimos Vídeos
Arquivos Diários

4 de maio de 2013

Beleza Amiga, Maquiagem

Como escolher sua base

Olá, amigas!

Agora que já sabemos o nosso tipo de pele, fica bem mais fácil escolher a base certa.

As bases podem ser:

  1. Líquidas: que são as mais indicadas para peles secas, pois são normalmente hidratantes. As pessoas de pele oleosa devem escolher as bases oil-free, que não apresentam oléo em sua composição, assim não aumentam a oleosidade da pele.
  2. Em bastão: são mais indicadas para peles normais ou mistas, pois apresentam uma textura mais densa, o que pode marcar as linhas de expressão.
  3. Em pó: são ideais para pessoas de pele mistas e oleosas, já que o pó acaba absorvendo a oleosidade da pele, deixando-a com aspecto mais saudável.
  4. Minerais: são perfeitas para quem tem pele oleosa, afinal tem fórmulas mais leves e livres de oléo (oil-free).
  5. Compactas: assim como as bases em bastão, são mais grossas e por isso indicadas para aquelas que possuem pele normal ou mista.
  6. Em mousse: é a base curinga, podendo ser usadas em todos os tipos de pele. Isso porque elas se adaptam facilmente à pele (seja ela de que tipo for).
  7. Cremosas: possuem uma maior cobertura, e são ideias para peles maduras (por não acumularem nas linhas de expressão). Possuem versões para peles secas e oleosas.

 

Tipos de base

Tipos de base

Bom , agora que  já sabemos os tipos de base vem a pergunta que não quer calar: “Mas como eu faço pra escolher a cor certa e não ficar com a aparência de Gasparzinho ou mesmo de quem só pegou Sol no rosto?”. Realmente esse não é um processo muito rápido e fácil. Já  aviso, amiga, que você vai precisar dedicar um tempinho considerável para essa tarefa, mas vai valer a pena.

Sou muito fã da top maquiadora Lisa Eldridge e achei as dicas dela maravilhosas, então vou compartilhar com vocês. Primeiro, ela nos alerta para dispensarmos um bom tempo conhecendo nossa pele, todas as tonalidades que temos em nosso corpo. Sim, eu disse corpo! Precisamos harmonizar o rosto com o resto do corpo, senão fica aquela coisa horrível de rosto de um e corpo de outra pessoa. Quem nunca?! Kkkk... Voltando ao assunto, temos que encontrar a nossa cor predominante, que fique em harmonia com o restante.  Ela diz ainda que um bom lugar (para a maioria das pessoas) é perto da orelha (dois dedos antes) e estender essa linha imaginária até a região do pescoço. Geralmente esse local apresenta a sua cor real, mas faça o teste que eu falei mesmo assim.

Outra dica maravilhosa é NUNCA escolhermos a cor da base levando em consideração apenas aquele teste mega master rápido que fazemos nas lojas com aquela iluminação amiga da onça, que acaba distorcendo as cores. Por isso saímos de lá com a base mais maravilhosa de todos os tempos e chegamos em casa com aquele trambolho que não sabemos como fazer funcionar de novo. Uma saída é passar a base (que o vendedor jura de pés juntos que é a SUA cor) e dar uma voltinha. De preferência vá pra casa, olhe-se na luz natural e veja como a base reage no seu rosto durante o resto do dia. Até pra você saber se ela vale a pena, se você gosta, se funciona pra sua pele.

Infelizmente ainda não é cultura das lojas brasileiras, mas fora do país é super comum pedir uma amostrinha da base nas cores que você quiser testar. Aí você pode tirar todas as suas dúvidas referentes à cor no conforto do seu lar doce lar e avaliar em luz natural. Eu tenho coragem de pedir e quando me negam eu faço o que falei antes: saio com a base testada no rosto e falo que vou avaliar em casa. Cara de pau? Não! É um direito meu, nosso!

Depois disso tudo, digamos que já encontramos a cor de base perfeita. E agora? Bom, eu te pergunto: Pra que você quer a base? É pro dia-a-dia? Para as festanças? As bases possuem coberturas diferentes (baixa/leve, média e alta), e isso faz muita diferença no resultado e também na escolha da base. Isso vai depender muito da marca que você está pesquisando, mas várias delas informam o tipo de cobertura no rótulo. Se não informar, pergunte aos vendedores. É um direito seu.

As bases mais leves são aquelas que deixam sua pele com um aspecto super natural, nem parece que está usando base. Elas uniformizam o seu tom de pele, mas geralmente não são capazes de esconder manchinhas ou as olheiras. Você vai ter que usar um corretivo se quiser deixar a pele mais perfeitinha.

As de cobertura média já amenizam consideravelmente as imperfeições e deixam a pele bem uniforme. Ideais para aquela saída com o boy magia, com as amigas, festinha na casa de fulano, etc.

Agora, se você está indo para A festa, A balada, O evento, aí amiga vai com uma base mega power. Sabe aquele dia que sua pele tem que estar impecável? Pois é, nesse dia você usa uma base de cobertura alta (ou média para alta). Sua pele vai ficar de porcelana (só não pesa a mão pra não parecer que está usando reboco, kkkk).

Espero muito ter ajudado vocês nessa difícil, mas deliciosa missão.

Boa sorte!!

Beijos.

 

Veja Também

Beleza Amiga, Pele

Tipos de Pele

Tipos_de_pele_maio_2013

Antes de mergulharmos no universo dos cosméticos e maquiagens, precisamos aprender o básico e identificar o que é melhor para a nossa pele. Por isso, hoje vou tentar te ajudar a responder a seguinte pergunta: Como escolher o produto certo para o meu rosto?

Pra começo de conversa o melhor dos mundos seria se você fosse ao dermatologista, ele identificasse qual é o seu tipo de pele, receitasse os produtos e fossem exatamente o que você precisa #alegriaeterna. Mas nem sempre a recomendação do médico é tão boa assim.

Por isso, uma solução super viável e econômica é você conversar com as amigas (com mesmo tipo de pele) e fuçar nos blogs da vida (tipo esse). Ainda é possível que você não se adapte ao produto, mas a vida não é justa kkkk.

De fato a escolha de um produto que te agrade é difícil, mas se você souber qual é o seu tipo de pele já ajuda um bocado.

Identifique seu tipo de pele:

  • Se a sua pele brilha em várias áreas e fica com aspecto de engordurada sua pele é oleosa. Geralmente apresenta algumas espinhas e até manchas. É mais comum na adolescência e em peles morenas. Para essa pele recomenda-se usar produtos oil-free e  a base de gel. Mesmo sendo oleosa ela precisa de hidratação, pois se você não hidrata a pele, naturalmente ela produzirá mais oleosidade para se manter. É importante ficar atenta também ao que você come, comidas com muita gordura e suplementos com óleo podem causar surgimento de espinhas devido a superatividade de glândulas sebáceas. A vantagem amiga é que você tem menos propensão a ter rugas #aleluia.
  • Se a sua pele brilha só na testa, nariz e queixo enquanto nas bochechas e pescoço é mais seca, então sua pele é mista. A maioria das mulheres brasileiras se enquadram nesse tipo e graças a indústria cosmética hoje nós temos mais produtos elaborados especialmente para nós. O aconselhável é usar os produtos para pele oleosa e na área seca usar um hidratante específico para esse tipo.
  • Quando a pele é toda sem brilho, tem aquela sensação de repuxando e chega a descamar, ela é seca. Essa precisa de bastante cuidado, hidratando sempre, pois tende a ter mais rugas. Use produtos em creme com alto poder de hidratação e, claro, tome bastante água, pois a hidratação interna também contribui.
  • Algumas pessoas possuem a pele sensível, apresentando áreas de vermelhidão, manchas, coceira e descamações. Sua textura é fina e delicada, fica facilmente inflamada e irritada em contato com alguns cosméticos e devido às alterações climáticas.
  • Agora se você não se enquadra em nenhum desses tipos, se a sua pele possui oleosidade e hidratação equilibradas, sem espinhas e sem poros aparentes, então agradeça aos céus que a sua pele é normal. Esse tipo de pele precisa apenas de cuidados básicos, como proteção, limpeza e hidratação.

Apesar de cada tipo de pele receber um produto específico para o tipo, as categorias e ordem de aplicação é praticamente a mesma:

  1. Limpeza com sabonete facial
  2. Limpeza com adstringente ou tônico
  3. Hidratação
  4. Proteção solar

Se liga: diferença entre adstringente e tônico. Ambos têm a função de fazer uma limpeza profunda, porém o tônico é a base de água, com componente adstringente leve, pode ter  baixas doses de álcool e ácido glicólico e salicílico para retirar as células mortas. E o adstringente possui maior concentração de álcool e ácido salicílico, auxiliando a controlar a oleosidade e a reduzir os poros. Logo, o adstringente é mais indicado para peles oleosas e mistas.

O que pode ser acrescentado aí são produtos como água termal, hidratante para os olhos, serum para redução de poros, ácido para manchas, enfim, vai de cada uma.

Aí amiga, esses produtos a mais nós vamos falando aos poucos aqui, beleza?

Espero ter ajudado.

Beijos

Veja Também

Beleza Amiga

Bem-vindas!

Olá Queridas Amigas,

Finalmente chegou o grande dia!! Depois de nossas amigas e familiares nos incentivarem bastante a criarmos esse cantinho para compartilharmos o que aprendemos ao longo do tempo e de muitas experiências (rs), aqui estamos!

Sempre fomos apaixonadas pelo mundo da beleza, mas de uns anos para cá virou um amor profundo e verdadeiro. Começamos a pesquisar mais sobre os temas, a  testar produtos, buscar e compartilhar dicas com nossas amigas, aprimorarmos nossas habilidades de beauté, e então encontramos aqueles produtos e técnicas que realmente nos favorecem. Agora queremos expandir ainda mais essa rede.

Pensamos e construímos o blog com muito amor e carinho, cada detalhe foi planejado quase que milimetricamente para que vocês se sintam à vontade, em uma conversa de amiga para amiga.

Sejam bem-vindas ao nosso cantinho!

Beijos, Isabela e Layla.

 

Veja Também