Últimos Vídeos
Arquivos Diários

19 de junho de 2013

Beleza Amiga, Saúde

Saúde: desculpas x mudança

Olá meninas, tudo bem?

Hoje quero contar para vocês sobre meu processo de emagrecimento/mudança de estilo de vida. Quando eu estava gordinha, ficava me justificando (para os outros e para mim mesma) dizendo que meu metabolismo tinha ficado super lento e por isso não conseguia emagrecer. Parecia que tudo o que eu comia ia direto para a barriga, coxas e quadril. Eu ficava indignada com isso, e só pensada em uma coisa: METABOLISMO LENTO. Então resolvi procurar um endocrinologista e quando fiz os exames e nenhuma alteração foi encontrada, fiquei arrasada. Sim, arrasada!! Isso porque eu realmente esperava que ele me dissesse que seria só tomar remédio e tudo voltaria ao normal. Mas não me dei por vencida e procurei outro médico, porque o anterior só podia estar errado ou não tinha procurado direito. Os resultados foram os mesmos, aí eu vi que o problema era eu e não meu organismo.

Nesse momento as coisas ficaram ainda piores, pois me culpava por estar gorda e comia para me punir por estar naquela situação e assim foi até eu atingir 78kg, o auge do meu peso. Gente, eu não tinha mais roupa pra usar, sendo que as que ainda serviam estavam super apertadas.Cheguei a ter somente 1 calça jeans e alguns vestidos que não ficavam me sufocando. Foi aí que decidi mudar, mas mudar de verdade, para sempre e sem remédios!

Como eu já contei para vocês procurei uma especialista para me ajudar no processo de reeducação alimentar e voltei a malhar, mas agora, pra valer. As dicas que me auxiliaram durante o processo, eu já contei aqui e aqui, confiram.

O que eu quero deixar para vocês hoje é: parem de arranjar desculpas para mudarem de vida! Sei que muitas pessoas fazem como eu fiz, e acham mil e uma desculpas para não fazer o que precisa ser feito. Não digo apenas para conseguir o corpo ideal, mas para ter qualidade de vida! Inclusive, não acredito que ser magra seja a solução dos problemas (emocionais ou de auto-estima) de ninguém, mas olhar no espelho e ficar satisfeito com o que vê não tem preço e ajuda bastante.

Acredito que temos que nos amar do jeito que somos, e isso não é muito fácil de conseguir. Mas também acho que se podemos melhorar nossa auto-estima e saúde, então por que não fazer? Se você é verdadeiramente feliz com o seu corpo, ótimo; se não, mude, aja!

Confesso que não foi fácil, mas vale a pena. O início foi bem complicado para mim, pois seguia a RA direitinho, malhava 2 horas por dia e não via resultado na balança. Isso me deixava muito mal, mas ao invés de jogar tudo pro alto, eu me esforçava ainda mais no dia seguinte. No primeiro mês emagreci 4 kg, o que não é muito, mas foi uma grande vitória. E assim foi até eu eliminar 18kg em 7 meses.

Durante o processo descobri que a nossa alimentação e estilo de vida impactam diretamente na velocidade do nosso metabolismo. Claro que existem pessoas que possuem problemas hormonais e realmente precisam de remédios para controlar isso, mas muitas fazem como eu e usam isso como desculpa (ainda por cima esfarrapada, kkk). À medida em que nos alimentamos corretamente, na quantidade e hora adequadas, e passamos a nos exercitar regularmente, conseguimos acelerar o nosso metabolismo, o que significa dentre outras coisas gastar mais calorias mesmo em repouso, e nos ajuda a emagrecer. Então depende de nós, mudar isso né?! Todos somos capazes, basta termos força de vontade e determinação.

Espero ter ajudado vocês.

Qualquer comentário, dúvida ou sugestão, por favor, deixem abaixo.

Beijos..

 

Veja Também