Beleza Amiga, Moda

SPFW Inverno 2015: Dia 01

Olá Amores, tudo bem?

Na segunda-feira começou mais uma São Paulo Fashion Week, dessa vez apresentando a coleção de Inverno 2015. E para abrir o primeiro dia de desfile, tivemos PatBo (estreando na semana de moda), Cavalera, Victor Dzenk, Uma Raquel Davidowicz, Tufi Duek e Animale. Escolhi os meus desfiles favoritos, para mostrar o que vai bombar no próximo inverno. Confiram:

SPFW_dia1_patbo

Patrícia Bonaldi estreou na SPFW, com sua  marca PatBo, mostrando uma coleção diferenciada na qual misturou a feminilidade (sua característica mais marcante) com um despojamento e jovialidade. A alfaiataria veio muito forte, mas com uma pegada mais desconstruída, menos marcada. A cartela de cores está bem variada, contando com tons neutros como preto, bege e cinza (cores super a cara do inverno) e também com cores fortes e marcantes, como vermelho, azul e mostarda. Os materiais escolhidos foram: tweed, jacquard, moletom e lã, com bastante bordado e aquele trabalho minucioso à la Patrícia Bonaldi. A inspiração para a coleção foi a Influência Estética da Civilização Celta.

SPFW_dia1_animale

Na coleção apresentada pela Animale (agora sob o comando de Vitorino Campos) as camisas vieram com força total, usadas sempre com amarrações (inclusive nem botões elas tinham), bastante alfaiataria, peças assimétricas (AMEI!), muito zíper e transparência. Os materiais usados foram: veludo, lã, algodão e a seda tingida. As cores estavam bem discretas e mais clássicas, em branco, bege, marfim, marrom e um pouco de mostarda. A influência da coleção era A Rota da Seda.

SPFW_dia1_tufiduek

Na coleção apresentada pela marca Tufi Duek, a modelagem veio mais seca, reta e com peças mais estruturadas. Vimos muitos vestidos curtos (bem retos), vestidos longos com uma cauda retangular longa e longas fendas, saias evasês e muita legging/calça emborrachada. A inspiração ficou por conta das vikings e gladiadoras, e a cartela de cores em tons mais escuros: preto, vermelho, verde escuro, café, dourado, azul metalizado. Os materiais usados foram couro, paetês e crepe de lã. Ah, as botas cano alto com amarrações foram outro ponto forte do desfile.

SPFW_dia1_victordzenk

O Inverno de Victor Dzenk vem repleto de peças fluidas e esvoaçantes, com bastante couro plissado e transparência. O comprimento midi continua super em alta, bem como as franjas (que ganham o toque especial de serem feitas com fios de seda). Os ponchos aparecem de forma espetacular, trazendo um glamour extra às produções. A modelarem vem bem feminina, com muita cintura marcada e tecidos esvoaçantes para ressaltar a silhueta feminina. Os materiais escolhidos foram seda pura, jacquard de tricô e couro plissado, e a cartela de cores: preto, marrom, azul e laranja. A influência foi o Universo Equestre: cavalos manga-larga, campos, harpas.

Gostaram?! Qual a sua coleção favorita?

Beijinhos.

 

Fotos e fonte: FFW.

Post Anterior Próximo Post

Veja Também

Sem comentários

Deixar comentário